Follow by Email

sábado, 31 de outubro de 2015

Prefiro assim!

A Feira do Livro este ano está estranha... Achei mais básica, mais simples... Sim, estava acostumada a um mega, ultra evento com trocentas barracas disputando a minha atenção. Uma penca de gente brigando para "escolher" os livros e muitas empresas e instituições promovendo suas marcas naquele que devia ser um espaço cultural.
Hoje, consegui chegar nas bancas com mais calma. Consegui respirar os livros e curtir mais a atmosfera da Praça. Claro que estamos no meio de um feriado, que o clima está ameno e que a crise econômica abalou até a cultura, mas confesso: eu prefiro assim.
Como acredito que nada é em vão, talvez a mudança seja providencial! Está na hora de voltarmos a dar a importância pra leitura de verdade. Aqui em casa, por exemplo, separamos livros infantis que foram doados para a Biblioteca Moacir Scliar e, com uma avaliação criteriosa, fizemos nossas escolhas muito mais conscientes.
Bem, voltaremos ainda mais algumas vezes durante os próximos quinze dias mas, que essa impressão seja de fato, uma retomada aos valores culturais que sempre nos orgulharam tanto ...


Hoje, tranquilidade para escolha dos livros

Livros infantis"quase sem texto" são maioria nas bancas 

Nenhum comentário:

Postar um comentário